Moda

Detox no guarda-roupas?

Vocês já ouviram falar de armário-cápsula, quando as pessoas vivem com um guarda-roupas bem reduzido durante um período (uma estação)? É como se fosse fazer uma viagem de 4 meses e usar apenas as roupas que tem na mala. Parece difícil, mas é super possível! E isso é possível porque quem faz uma mala de viagem ou um armário-cápsula escolhe apenas peças que gosta muito, que combina com o clima e a rotina daquele lugar / situação, e que se combinam entre si.
E se o nosso guarda-roupas todo fosse só assim? Com roupas que a gente gosta muito, que combinam com a nossa rotina e que combinam entre si?

 

guarda-roupa-detox

 

Com as minhas clientes da consultoria de estilo a gente chama essa etapa de “revitalização de guarda-roupas”, e funciona assim: A gente tira do guarda-roupas as peças:
* que não servem mais (tanto no corpo, quanto na vida da cliente)
* que já estão velhinhas ou desgastadas
* que estão manchadas, furadas, com fio puxado, mal conservadas
* que ela não usa, aquelas que ela põe-e-tira toda vez que vai sair
Além das peças que a gente tira para doar (ou jogar fora, dependendo do estado da peça), é bacana separar as peças que precisam de reformas ou ajustes. Assim, peças paradas podem voltar à ativa.
De que adianta ter 10 calças jeans e só usar as 2 primeiras da pilha de calças, ou as do cabide da frente? Ou ter muitos casacos se você mora num lugar muito quente, e quando faz frio você usa os mesmos (os que mais gosta)?
Anota aí: Guarda-roupas lotado nem sempre é sinônimo de muitas opções. Às vezes ter só o que você usa te faz pensar em mais possibilidades.

 

Acompanhe outros trabalhos da Priscila Citera

BlogInstagramFacebook

um comentário

  • Cris

    Nossa me vi nesse post srsrsrs.
    Meta pro feriadão é detox no guarda-roupa.
    Parabéns, ameiiiii esse texto.

    Bjusss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *