Já falamos sobre como organizar a lavanderia ou área de serviço, mas um dos grandes problemas, principalmente em apartamentos pequenos, é onde pendurar as roupas.
Uma das leitoras aqui do Eu Capricho fez essa pergunta é a baseada nela que decidi escrever esse post!

 

Como escolher o varal certo para espaços pequenos

 

Quem tem condições para ter uma máquina que lava e seca é uma excelente opção, mas no Brasil é muito difícil as pessoas fazerem uso dela, principalmente porque é caro e também porque é calor o ano todo e as roupas secam rápido, mas como resolver o problema do espaço então?
Existem diversos modelos de varal para atender às diversas necessidades que você possa ter, confira as dicas e veja qual resulta melhor no seu espaço e no seu bolso!

 

Varal de teto

 

Como escolher o varal certo para espaços pequenos

 

O varal de teto é o mais conhecido. Não ocupa espaço, mas pode atrapalhar um pouco quando fica em cima da máquina de lavar ou do tanque. Infelizmente não tem muito o que fazer nesses casos…
Uma boa opção são aqueles que as cordas descem de maneira independente, assim pesa menos para subir o varal com as roupas molhadas e você tem acesso apenas ao que quiser tirar quando estiverem secas. Este modelo também tem opção de ser preso na parede ao invés de ser no teto, como veremos no próximo tópico!

 

Como escolher o varal certo para espaços pequenos

 

Uma boa solução é ter uma barra extra para pendurar cabides, assim as camisas não amassam enquanto secam e fica muito mais fácil na hora de passar!
Você também pode aproveitar a barra da borda do varal que é mais grossa e não dá para colocar prendedor, para colocar os cabides. Você economiza espaço no restante do varal e consegue pendurar mais roupas.

 

Como escolher o varal certo para espaços pequenos Como escolher o varal certo para espaços pequenos

 

De parede

 

Como escolher o varal certo para espaços pequenos

 

Pode ser os que descem as cordas individualmente como já falamos e também existem os modelos sanfonados. Esses são ótimos, pois quando estão sem uso podem ser fechados e não atrapalham em nada.
Geralmente esses varais são menores, então, além do varal de teto, você pode ter um de parede que sirva como auxiliar para pendurar panos de limpeza ou peças pequenas, por exemplo.

 

Como escolher o varal certo para espaços pequenos

 

Existem ainda outros modelos diferentes, como esses das imagens abaixo.

 

Como escolher o varal certo para espaços pequenos

 

E se você quiser pode aproveitar até os armários para imbutir um varal. Essa é uma boa ideia para quem está montando o AP e vai fazer móveis planejados. Pode ser no móvel que fica na área ou mesmo no quarto, se tiver uma boa ventilação.

 

Como escolher o varal certo para espaços pequenos

 

Varal de chão
O varal de chão ocupa um bom espaço na casa, mas é ótimo, pois pode ser levado para qualquer cômodo onde haja mais sol.
Você também pode ter ele como segunda opção, assim consegue lavar mais roupas de uma vez e depois que secarem é só fecha-lo e guardar em algum cantinho.
Também é ótimo para quem tem sacada.

 

Como escolher o varal certo para espaços pequenos Como escolher o varal certo para espaços pequenos

 

Varal de pendurar
Outra opção para quem não pode furar a parede ou o teto e principalmente para quem tem sacada, são esses varais de pendurar.
Também podem ser encaixados em janelas e portas.

 

Como escolher o varal certo para espaços pequenos Como escolher o varal certo para espaços pequenos

 

Retrátil
Outra opção que achei bem interessante são esses retráteis. Eles esticam bastante e dá para adaptar no espaço usando ganchos e fazendo uma curva com a corda.

 

Como escolher o varal certo para espaços pequenos Como escolher o varal certo para espaços pequenos

 

Uma boa dica também para economizar espaço no varal é usar aqueles mini varais para pendurar roupas íntimas e meias.

 
E lembrando que quanto mais abertas as roupas ficarem, melhor! Procure não lotar demais o varal para que o ar passe bem entre as peças.
Gostaram das dicas? Qual varal vocês usam? Tem algum aqui que vocês ainda não conheciam?

Bjinhos
Carla Carvalho

 

Site: www.carlanamedida.blogspot.pt/
Instagram : instagram.com/blognamedida
Face : www.facebook.com/blognamedida
Youtube: www.youtube.com/NaMedidaCarlaCarvalho

Carla Carvalho

Sabe aquele dia que a gente, mesmo descabelada com roupa comum e sem maquiagem, se olha no espelho e acha linda? Tudo fica bom! Nem vou comentar o contrário, tá? rs

 

 

Quando a gente sabe que tem uma ou outra coisa que gostaria de mudar, mas mesmo assim ama o que vê no espelho a auto estima está em alta, o amor próprio está sendo cultivado. Alguma coisa sensacional você tem, certeza! O cabelo incrível, os olhos expressivos, uma boca bem desenhada ou unhas maravilhosas. Corpo não tá do jeito que você quer? Dica de quem sabe muito do que tá falando, viu? rs Não adianta olhar no espelho e apontar cada defeitinho, cada grama a mais, cada coisa que você acha que está fora do lugar. Quanto mais você olhar defeitos, mais o amor próprio desaba e você começa a colocar defeito até onde não tem.

 

jana2

 

Vamos num olhar mais amplo? É defeito mesmo? Será? É o seu corpo, independente da forma dele, É SEU. É ele que mantém você viva, faz com que você vá e conheça lugares incríveis, é seu corpo que te faz ter contato com outras pessoas, é seu corpo que está e estará com você sua vida INTEIRA, mulher! Ame-se. Nada é defeito. Tudo depende do ponto de vista.

 

 

Quando a gente quer perder uns quilinhos, nos últimos a coisa empaca, né? Ansiedade de chegar numa meta estabelecida. Quando a gente relaxa (isso não quer dizer deixar pra lá e comer o mundo), as coisas fluem com facilidade. Estou há anos em processo mental e corporal de emagrecimento, já evolui bastante, mas tive muitos altos e baixos nesse período. Fiz todo tipo de dieta, sempre preocupada e nas vezes que fazia por prazer os resultados eram maiores.

 

 

Quer ter resultados na mudança do seu corpo? É o que venho falando, foca no que é bom. Foca no que você tem de melhor. Alimenta o que você quer que tenha mais na sua vida. Não ouça a sociedade e pessoas maldosas e simplesmente siga essa dica de ouro da foto:

 

jana1

 

Não se emagrece pra mostrar pra ninguém, viu? As vezes nem pra gente mesma. A mudança de corpo, seja na perda de peso ou no ganho de músculos, por exemplo, precisa sim de mudanças, mas começa na cabeça e principalmente na forma como você se trata. Se xingar, se criticar, se culpar, se machucar nada adianta. Assim você está remando contra a correnteza e fica mais difícil. Deixa a correnteza te levar. Como? Fazendo coisas que te dão prazer e com bom senso. Chocolate é delicioso, mas não vai ajudar comer uma barra toda.

 

Não sofra para fazer as mudanças, mas não se sabote, não se engane. Algumas coisas precisam ser deixadas de lado, abrimos mão de algumas coisas, mas a diferença é ver, sentir e ter prazer real nas novidades. Sem comparações.Comparar uma maçã com chocolate é cruel e não tem sentido, só faz a mudança ser sofrida e não precisa. Não tem que ser.

 

Quando a gente se olha no espelho e se acha linda, mesmo com os supostos defeitos, a gente vê além, a gente alimenta nossa alma, a gente cuida do bem mais precioso que temos: nós.

 

Se cuide, se ame, se curta, se dê o melhor que puder e veja como o seu corpo responde à esse carinho todo, de forma natural, leve e gostosa. Depois me conta ;)

 

 

ACOMPANHE A JANA NO INSTAGRAM
@PositivaMenteOficial  e @janainout

Janaina Caetano