Entre Elas,  Outros,  Variados

A fila anda, sim senhora!



Nossa DR de hoje é sobre um fato: A fila anda, tudo muda, e é exatamente assim que tem que ser!

 




Sempre que penso em um tema para nossa “discussão”, pesquiso na internet para ver o que as pessoas já falaram sobre, e para não ficar repetitivo, ou vazio. 
 
Dessa vez não foi diferente, e me deparei com uma matéria tudo de bom, da Revista Época, feita por Ivan Martins (que sempreee arrasa aliás!), e o tema é exatamente esse: A Fila Anda
 
 
Ele destacou uma coisa que defendo muito, e que acho que é o que faz sim a fila andar, cada vez mais: Quem gosta, cuida.
 
E quem não cuida, pois é… perde e faz com que a fila volte a andar. As pessoas levam cada vez menos a sério o sentimento das outras, muitas não valorizam que está ao seu lado até perder. E pior, às vezes depois que perder, não tem volta não
 
Pelo menos aqui, funciona assim… e ai meninas?!
 
Mas, de todo o texto do Ivan, uma frase é a melhor:
 
“A fila anda da mesma forma que a vida anda – até que algo importante a faça parar. O que há de errado nisso? Nada.“
 
Tem explicação mais perfeita?!
 
Voltamos para aquela busca interminável (e deliciosa!) do grande amor, da pessoa ideal, do companheiro… e enquanto isso não acontece, enquanto ninguém tira nossos pés do chão, coloca borboletas na nossa barriga e faz nossos olhos brilharem… a fila vai andando, muito bem obrigada, aliás.
 
É quase como a ordem natural das coisas.
 
Não é sair por ai, “pegando” qualquer um ou qualquer uma, mas é não achar o fim do mundo qualquer relacionamento seu que chega ao fim, é não achar que só existe um grande amor na sua vida, é não deixar de querer alguém especial. E buscar isso, claro.
 
Então, se você não quer fazer parte da fila que ficou para trás, que tal tomar conta de quem está ao seu lado direitinho?!
 
Chorar pelo leite derramado não faz ele voltar para caixinha! ;)
(Como diria minha mãe… rs)
 
E se ainda não achou alguém para valorizar para valer, valorize-se, deixa a fila andar, que mais cedo ou mais tarde, alguém beeeem especial vai fazer ela parar, ah! vai.
 
Assim espero! Rs…
 
Beijooooos, e até a próxima semana… esperando a fila parar a qualquer momento! ;)

Criou o EuCapricho.com em Agosto de 2007 para compartilhar dicas de moda e beleza.

4 Comments

  • Eloisa

    Seus posts são MUITO bons! Eu sempre deixo de comentar, mas hoje não tem como porque é muito o que estou vivendo… fim de relacionamento há dois meses e achei que NUNCA ia conseguir ficar sem namorar na vida… até que descobri que a melhor coisa que perder uma paixão é ter a possibilidade de se apaixonar todos os dias por uma coisa nova, por você, por uma música, pelo sol, por alguém, pelos amigos, pelos seus animais de estimação, pela família… você pode transformar o que quiser em algo especial para se dedicar e se apaixonar naquele momento. E isso realmente vem mudando minha forma de enxergar a vida. A felicidade se instalou, mas só porque a fila andou! Beijos e parabéns pelos posts!

  • Luana

    adorooo essas DRs… há dias que venho tentando comentar esse post, mas meu pc nao tava ajudando. Mas então vamos lá:
    Realmente a fila anda! e se quiser andar na fila ao lado da pessoa amada tem que cuidar. Mas quando me refiro “cuidar”, não é viver em função dela, é RESPEITAR os limites de cada um. Início de namoro sempre é um mar de rosas, depois vem algumas cobranças, bem acredito q no inicio haja uma certa adaptação para que futuramente os defeitos (é realmente ninguem é perfeito) não causem algum constrangimento, decepção, mas as vx sempre decepciona. Caso vc viva um dia de cada vez e com os pés no chão, esses defeitinhos do companheiro (a) nao ira incomodar tanto assim, não viver um conto de fadas e sim a realidade e saber que am algum momento o que vc acreditava que era pra sempre pode acabar. E se acabar bola pra frente menina! Não acredito em amor verdadeiro eterno, se existe são casos raros. Acredito que podemos sim amar, nos apaixonar diversas vx.Sim diversas. Mas como assim? bem, pessoas marcam? sim marcam nossas vidas, lembranças excelentes. uma das minhas teorias de vida: se nossos pais que nos amam e fariam tudo por nós, um dia se vão e viveremos sem ele, pq me lamentar por uma pessoa que conheço há alguns anos? Pra mim não existe pessoa correta, príncepe encantado (ainda mais pq o princepe viraria sapo diante da atual sociedade rsrrs) e sim um complemento essencial para o cotidiano, e vice versa. Alguem que possa conversar, apontar suas opiniões, te apoiar e etc. Caso seu complemento não surja, calma… vc conhece sempre diversas pessoas a cada dia, não se desesper, não ligue para que os outros digam, seja vc! Os que os outrs falam nao é problema seu, e sim deles!

  • Helô

    AêÊê! Eu já tinha dito que amei o texto neh?!
    Gente eu sei que quando rompemos qualquer ciclo é difícil e doloroso, mas passar o resto da vida lamentando por isso não dá, a vida continua e toda fila vai andando (exceto a do INSS)… Eu sempre digo: quem não dá assistência, perde a preferência e abre espaço para concorrência, pois a fila anda e a catraca gira… Dói claro, mas quando passa, ainnn vida sua linda vem ni mim….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *